Notícias

  • Twitter
  • FaceBook

ANFIR: Desempenho de 2018 é quase a metade do movimento de 2014

Total apurado junto ao setor fabricante de implementos rodoviários de janeiro a setembro deste ano reflete o ritmo lento da recuperação econômica reduzindo a capacidade de repor as perdas acumuladas.

Desempenho de 2018 é quase metade do registrado em 2014 antes da crise

A recuperação econômica do Brasil segue em ritmo lento e um dos reflexos é o desempenho nos emplacamentos de implementos rodoviários. De janeiro a setembro desde ano a indústria entregou ao mercado 63.851 unidades, pouco mais da metade do registrado em igual período de 2014, antes da crise.

“A economia como um todo está reagindo lentamente apesar do desempenho aquecido do agronegócio”, afirma Norberto Fabris, presidente da ANFIR- Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários. “Nosso País tem uma economia bastante diversificada e não podemos projetar crescimento olhando só para um setor, mas sim considerando todos os segmentos da economia”, assinala.

Segundo Fabris “sem a recuperação completa ficamos diante de dados parciais que resultam em efeito estatístico que mascara a realidade”, explica. Sem a retomada sólida dos negócios, afirma o presidente da ANFIR, a indústria demorará mais tempo para repor as perdas acumuladas nos anos de crise.(...)

Fonte: Por Fernando Neves, Argonautas, ANFIR; Gráfico da Bioagência com dados da ANFIR
(09/10/2018)
  • Twitter
  • FaceBook